domingo, 19 de março de 2017

[Divulgação] - Topseller: "Encontrada: À Espera do Felizes para Sempre" de Carina Rissi

Encontrada
À Espera do Felizes para Sempre
Carina Rissi

Depois da publicação de Perdida, a emocionante história de amor de Sofia e Ian continua no século XIX. Descubra todos os pormenores em Encontrada: À Espera do Felizes para Sempre. 

Sinopse:
Sofia está de volta ao século XIX, e mais animada do que nunca para começar a viver o seu final feliz ao lado de Ian Clarke. No meio da loucura dos preparativos para o casamento, contudo, ela percebe que tornar-se a sra. Clarke não vai ser tão simples quanto imaginava.
As confusões encontram Sofia antes de ela chegar ao altar — e uma tia intrometida que quer atrapalhar o relacionamento de Sofia e Ian é apenas uma delas. Além disso, coisas estranhas acontecem na vila, e Ian parece estar a enfrentar alguns problemas que prefere não partilhar com a noiva.

Decidida, Sofia está disposta a tudo para ajudar o homem que ama. As suas acções, porém, podem pôr tudo a perder, e Sofia descobre que a única pessoa capaz de destruir o seu felizes para sempre… é ela própria.

Encontrada traz-nos de volta o mundo apaixonante de Sofia e Ian, permitindo-nos mergulhar uma vez mais nesta envolvente história de amor.
 
Sobre a Autora:
Carina Rissi é uma leitora apaixonada, lê sempre a última página de um livro antes de o comprar e tem um fascínio inexplicável pelo tema «amores impossíveis». Tem em Jane Austen uma fonte de inspiração.
Nasceu em Ariranha, uma pequena cidade perto de São Paulo, onde vive actualmente com o marido e a filha. Carina Rissi é autora de vários romances, entre os quais a trilogia Perdida, Encontrada e Destinado, êxitos de vendas no Brasil e que a Topseller se orgulha de publicar.
 
Notas Editoriais:
Título: Encontrada: À Espera do Felizes para Sempre
Autor: Carina Rissi
Editora: Topseller
Nº de Páginas: 448
PVP: 17,69€

[Divulgação] - Bertrand: "O Exército Perdido" de Paul Sussman

O Exército Perdido
Paul Sussman

Depois do enorme sucesso com os títulos anteriores de Paul Sussman, a Bertrand Editora lançou a 9 de Setembro «O Exército Perdido», o best-seller do New York Times e do Sunday Times.  

Mergulhando no coração do Egito e nos segredos da arqueologia, este livro promete uma leitura compulsiva ao acompanhar a zoóloga Tara Mullray na sua incursão pelo país, depois de descobrir que o seu pai, um arqueólogo de enorme prestígio, morreu. Entre o mercado negro de antiguidades, o relacionamento com a Embaixada Britânica e a desconfiança de uma ligação com um terrorista, a protagonista tem como cenário o deserto, o Cairo, Luxor e muitas outras localidades que se interligam numa narrativa surpreendente.

Formado em História e com experiência em Arqueologia, em «O Exército Perdido» Paul Sussman arrisca nos meandros históricos e revela uma lenda do mundo antigo.

«A resposta do leitor inteligente a O Código Da Vinc 
Independent

Sinopse:
A zoóloga britânica Tara Mullray vai ao Egito visitar o pai, um arqueólogo de grande prestígio, e descobre com horror que ele morreu alguns dias antes da sua chegada. Nessa altura, um negociante especializado em venda de antiguidades no mercado negro é também encontrado morto junto do Nilo. O seu corpo, ferozmente mutilado, está também coberto de queimaduras de cigarro. Estes crimes despertam o interesse da Embaixada Britânica e do Serviço de Antiguidades do Egito por o julgarem relacionados com o terrorista Sayf al-Tha’r. 

Sobre o Autor:
Paul Sussman. 1966 – 2012. Formado em História, acumulou o jornalismo com a arqueologia, tendo trabalhado muitos anos em escavações arqueológicas no Egito, em particular no Vale dos Reis. Paralelamente à sua actividade nas escavações, escreveu obras como Oásis Escondido e O Labirinto de Osíris, que fizeram dele um dos mais conceituados e populares autores do género.

Notas Editoriais:
Título: O Exército Perdido
Autor: Paul Sussman
Editora: Bertrand
Nº de Páginas: 480
PVP: 18,80€

[Divulgação] - Pergaminho: "A Espia" de Paulo Coelho

A Espia
Paulo Coelho

Inspirando-se na troca de correspondência entre a dançarina holandesa Mata Hari e o seu advogado, o escritor Paulo Coelho evoca de forma magistral a vida desta magnífica mulher no seu novo livro A Espia. As cartas foram escritas nas vésperas da sua execução, em França, e divulgadas publicamente há 20 anos.

O livro chegou às livrarias dia 16 de Setembro com o selo da Pergaminho, desde sempre a editora de Paulo Coelho em Portugal. A obra de Paulo Coelho conta com mais de 210 milhões de exemplares vendidos em todo o mundo, sendo publicada em mais de 170 países e traduzida em 81 idiomas. A Espia reúne todos os ingredientes para ser o seu próximo best-seller.

Baseando-se em documentação que tem sido divulgada pelas autoridades militares alemãs e holandesas, assim como pelo MI5, Paulo Coelho recria a vida de Mata Hari através da última carta que escreveu. Toda a narrativa do livro está na primeira pessoa, dando voz à própria Mata Hari.

«Mata Hari foi uma das nossas primeiras feministas», diz Paulo Coelho. «Desafiou as expectativas masculinas do seu tempo e escolheu viver uma vida independente e nada convencional. Ainda hoje, podemos aprender muito com a sua vida, pois as acusações levadas a cabo pelos mais poderosos continuam a custar a vida a muitas pessoas inocentes.»

«A obra de Paulo Coelho é caracterizada por um apelo vasto e transversal a todo o tipo de leitores», afirma Eduardo Boavida, director editorial da Editora Pergaminho. «Este apelo está enraizado na capacidade única de criar personagens cativantes com histórias muito inspiradoras. As protagonistas femininas na sua obra têm uma força particular e, em ‘A Espia’, o autor volta a apresentar-nos a personagem de uma mulher forte, cheia de personalidade e muito à frente do seu tempo: a misteriosa espia Mata Hari. Paulo Coelho baseia-se em fatos reais e numa extensa investigação da vida de Mata Hari e do seu tempo para recriar o percurso fascinante de uma mulher que desafiou todas as convenções, pagando por isso um alto preço. É uma história incrivelmente contemporânea que irá certamente cativar e surpreender os leitores», acrescenta.

Sinopse:
Tudo o que sei é que o meu coração é hoje uma cidade-fantasma, povoado por paixões, entusiasmo, solidão, vergonha, orgulho, traição, tristeza. E não consigo desenvencilhar-me de nada disso, mesmo quando sinto pena de mim própria e choro em silêncio. Sou uma mulher que nasceu na época errada e nada poderá corrigir isso. Não sei se o futuro se lembrará de mim, mas, caso isso ocorra, que nunca me vejam como uma vítima, e sim como alguém que deu passos com coragem e pagou sem medo o preço que precisava de pagar.

Sobre o Autor:
Um dos autores mais lidos e respeitados em todo o mundo, Paulo Coelho tem a sua obra publicada em mais de 170 países e traduzida em 81 idiomas. É autor do clássico dos nossos tempos, O Alquimista, considerado o livro brasileiro mais vendido de sempre e que atingiu já mais de 400 semanas ininterruptas de presença na lista dos livros mais vendidos do The New York Times. Nascido no Rio de Janeiro, em 1947, foi encenador e dramaturgo, jornalista e compositor, antes de se dedicar à literatura. Foi galardoado com diversos prémios internacionais, entre eles o Crystal Award, do Fórum Económico Mundial, e recebeu o prestigiado título de Chevalier de L’Ordre National de la Légion d’Honneur. Ocupa a cadeira número 21 da prestigiada Academia Brasileira de Letras, é Embaixador Europeu do Diálogo Intercultural e Mensageiro da Paz das Nações Unidas. Em conjunto com a mulher, a artista plástica Christina Oiticica, fundou o Instituto Paulo Coelho, que oferece apoio e oportunidades aos membros mais desfavorecidos da sociedade brasileira, especialmente a crianças e a idosos. A obra de Paulo Coelho conta já com mais de 210 milhões de exemplares vendidos em todo o mundo.

Notas Editoriais:
Título: A Espia
Autor: Paulo Coelho
Editora: Pergaminho
Nº de Páginas: 184
PVP:
15,50€

[Divulgação] - Bertrand: "Santuário - The Loney" de Andrew Michael Hurley

Santuário - The Loney
Andrew Michael Hurley

«Uma obra-prima gótica». Assim é considerado o Santuário – The Loney pelo jornal britânico The Guardian. A crítica internacional tem sido unânime ao tecer as melhores apreciações sobre o livro de estreia de Andrew Michael Hurley, que foi vencedor do Costa Award 2015, na categoria de romance de estreia, e do British Book Award 2016, dois prémios literários de grande prestígio e que confirmam a qualidade da sua escrita. A atestá-lo temos ainda autores tão distintos como Stephen King, Adam Thorpe e Jeff VanderMeer a tecerem rasgados elogios a esta obra de ficção. 

Brilhantemente escrito, os direitos de Santuário – The Loney foram vendidos para 16 países e ainda à DNA filmes, produtora de Ex Machina e Longe da Multidão

Tendo como cenário as paisagens da costa do noroeste inglês, terras que o autor bem conhece desde a sua juventude, a obra conduz-nos a uma atmosfera envolvente e espiritualmente aterrorizante onde uma família procura uma solução que lhes permita reencontrar a esperança. Uma história sobre medos e crenças numa estranha associação às dinâmicas familiares.

Sinopse:
Dois irmãos. Um, mudo; o outro, o seu protector.
Todos os anos, a família visita o santuário que fica na desolada faixa de costa conhecida apenas como «Loney», desesperadamente à espera de uma cura.
Durante as longas horas de espera, os rapazes são deixados sozinhos. E não conseguem resistir à passagem que se vislumbra a cada mudança da maré, à velha casa que se ergue ao longe…
Muitos anos mais tarde, Hanny é um homem feito e já não precisa dos cuidados do irmão. Mas depois descobre-se o cadáver de uma criança, morta há muito.
O Loney acaba sempre por dar à costa os seus segredos.

Sobre o Autor:
Andrew Michael Hurley nasceu em Inglaterra em 1975 e Santuário é o seu livro de estreia. Publicado originalmente em 2014 numa edição limitada de 300 exemplares, os leitores e a crítica fizeram dele um enorme sucesso comercial. Foi-lhe atribuído o Costa Book Award 2015 na categoria de romance de estreia e o British Book Award 2016 nas categorias de melhor livro de estreia e melhor livro do ano. O autor tinha publicado anteriormente dois livros de contos. 
Vive no norte de Inglaterra, em Lancashire, onde é professor de Literatura Inglesa e Escrita Criativa.

Notas Editoriais:
Título: Santuário - The Loney
Autor: Andrew Michael Hurley
Editora: Bertrand
Nº de Páginas: 320
PVP: 17,70€
 

[Divulgação] - Quinta Essência: "Retrato do meu Coração" de Patrícia Cabot

Retrato do meu Coração
Patrícia Cabot

 A vida conspirou para os separar, mas o destino volta a uni-los…

Sinopse:
Há alguns anos, num instante explosivo, a rivalidade de infância transformou-se em paixão selvagem para Jeremy, o belo e jovem duque de Rawlings, e Maggie Herbert, o objecto do seu afecto. Infelizmente, o escândalo que se seguiu baniu ambos para cantos opostos do mundo.

 Agora o destino reuniu Jeremy e Maggie para uma longa dança de desejo, tão inflexível como os próprios amantes. Jeremy, um soldado condecorado, está determinado a finalmente reclamar Maggie. E Maggie, prestes a casar com outro, vê descontrolarem-se as suas fantasias secretas com Jeremy. Tudo o que os separa e à paixão escaldante que os anos já não podem abafar é o passado… e um presente repleto de ciúme, intriga e perigo...

Sobre a Autora:
Meggin Patricia Cabot, autora bestseller de romances históricos, nasceu em fevereiro de 1967, em Bloomington, Indiana (EUA). Trabalhou como gestora numa residência universitária, foi ilustradora freelance e escreveu mais de cinquenta livros que assinou com diferentes pseudónimos. Entre eles destaca-se a série O Diário da Princesa (The Princess Diaries), publicada em mais de trinta países e adaptada ao cinema pela Walt Disney Pictures, com grandes êxitos de bilheteira. 

As suas obras ganharam inúmeros prémios, incluindo o New York Public Library Books for Teen Age, o Booksense Pick, o Evergreen, o IRA/CBC Young Adult Choice, entre outros.

Notas Editoriais:
Título: Retrato do meu Coração
Autor: Patrícia Cabot
Editora:
Quinta Essência
Nº de Páginas: 400
PVP:
16,20€

[Divulgação] - Marcador: Agosto 2016

A Terapeuta
Gaspar Hernàndez

Sem Memória
Ninguém é Culpado 
Sinopse:
Hèctor Amat, um actor famoso que sofre de ataques de ansiedade, vê-se envolvido num terrível crime. Sem saber como, nem porquê, aparece num parque de estacionamento, junto de uma mulher assassinada. Por mais que se esforce para reconstruir os seus passos, não consegue lembrar-se do que aconteceu.
O tempo e a investigação não jogam a seu favor, por isso, Héctor decide pedir ajuda como derradeiro recurso para recuperar a memória. Visita então o consultório da psicóloga Eugénia Llort, a terapeuta que o atendeu depois do crime. Esta relação, num primeiro momento profissional, vai-se convertendo num relacionamento de dependência, que atingirá limites nada usuais. Para que Hèctor possa representar, a psicóloga vai todas as noites ao teatro onde ele interpreta Dick Diver, o protagonista de Terna É a Noite, tal como a sua personagem, um psicólogo que se apaixona por uma paciente, também ele acaba por se apaixonar perdidamente pelo terapeuta. 
«Um excelente romance que aborda com sensibilidade e inteligência o problema do stresse e da ansiedade, um dos grandes desafios do mundo moderno.»
Culturamas
Sobre o Autor:
GASPAR HERNÀNDEZ (1971), o mestre da divulgação psicológica em Espanha, é escritor e jornalista. Ganhou o Prémio Josep Pla com o romance El silencio (2009). Também publicou o ensaio jornalístico El oficio de vivir bien. Colaborou regularmente com os jornais El País, El Periódico de Catalunya e El Punt Avui. Na TV3, apresentou o programa Bricolage Emocional e, na Catalaunya Ràdio, conduz actualmente L’ofici de viure (O ofício de viver), um programa sobre psicologia e espiritualidade, Prémio Ciutat de Barcelona, pela sua «inovação e rigor», segundo palavras do júri.

Notas Editoriais:
Título: A TERAPEUTA
Autor: Gaspar Hernàndez
Editora: Marcador
Nº de Páginas: 232
PVP: 17,50€
Data Lançamento: 18 de Agosto 2016

Porque Sofrem as Pessoas Inteligentes
Eric Maisel
Guia para Inteligentes, Sensíveis e Criativos 
Sinopse:
Este livro é de leitura obrigatória para pais de crianças dotadas, assim como para os milhões de pessoas inteligentes e criativas que procuram uma vida com mais sentido. 

O psicólogo Eric Maisel decidiu, há anos, através do seu trabalho, identificar os desafios que pessoas com estas características enfrentam com frequência, pessoas como investigadores científicos, génios galardoados, escritores de sucesso, autores da Broadway, advogados poderosos, académicos, etc. Entre esses desafios detectados incluem-se a ansiedade, excesso de reflexão, mania, tristeza e desespero.
Desta investigação levada a cabo com as mentes mais inteligentes e brilhantes, Eric Maisel, percebeu o quanto estes desafios podem ser, muitas vezes, devastadores, e como tal, decidiu procurar soluções baseadas nas práticas e nos princípios pioneiros da psicologia natural, por forma a minimizar o seu impacto nestas pessoas.
Neste livro desafios e soluções para cada um dos mesmos são apresentados de forma fácil e simples de utilizar. Podem ser consultados e postos em prática por qualquer leitor.
ESPECIFICAMENTE, OS DESAFIOS ENCARADOS POR PESSOAS INTELIGENTES INCLUEM:
  • «síndrome do cérebro acelerado»
  • viver numa cultura anti-intelectual
  • encontrar ideias dignas de amar
  • lidar com o tédio e a hipersensibilidade
  • descobrir sentido na sua vida e no seu trabalho
  • lutar para alcançar o sucesso.
Sobre o Autor:
ERIC MAISEL, doutorado, é autor de mais de quarenta livros nas áreas de criatividade, psicologia, coaching, saúde mental e tendências culturais. É psicoterapeuta, mentor criativo e escreve para a Psychology Today, para a Professional Artist Magazine e apresenta palestras por todo o mundo.

Notas Editoriais:
Título: Porque Sofrem as Pessoas Inteligentes
Autor: Eric Maisel
Editora: Marcador
Nº de Páginas: 212
PVP: 15€
Data Lançamento: 18 de Agosto 2016