quinta-feira, 28 de fevereiro de 2013

[Novidades] - Asa: Março 2013 (mais umas)



Nas livrarias a 21 de Março

“Chris Cleave é um artesão da palavra. A sua escrita é tão comovente que quase nos esmaga. Menina de Ouro devia ser leitura obrigatória.”
The Times
“Um romance sensacional. Consegue a proeza de vencer o sarcasmo urbano e comover, porque, de facto, foca o essencial.”
The Observer
 
 

Sobre o livro- Bestseller do The New York Times e USA Today, Menina de Ouro, de Chris Cleave, é um livro sobre os limites do AMOR.
Sobre as nossas LUTAS diárias. Sobre o conflito entre os nossos DESEJOS e a realidade.
Sobre Kate e Zoe. Duas mulheres brilhantes com um SONHO que apenas uma poderá realizar.
Sobre Sophie. Uma criança dotada de uma sensibilidade rara, que luta entre a VIDA e a morte contra uma leucemia linfobástica aguda.
Estão unidas por um SEGREDO. Delas se exige uma ESCOLHA. No momento mais importante das suas vidas, uma delas terá de fazer o derradeiro SACRIFÍCIO.
Recomendado pelos mais importantes clubes de leitura, Menina de Ouro é sobre o que significa ser HUMANO, mas também sobre o que nos permite a todos, de diferentes formas, atingir o EXTRAORDINÁRIO.

Sobre o autor: Chris Cleave nasceu em 1973 nos Camarões. Foi jornalista, colunista, barman, marinheiro e professor.
Incendiário, o seu romance de estreia, venceu o Somerset Maugham Award em 2006, o Book-of-the-Month Club Award na categoria de primeiro romance e o Prémio Especial do Júri nos Prémios dos Leitores de França em 2007. Foi adaptado para o cinema, num filme protagonizado por Ewan McGregor e Michelle Williams.
Seguiu-se Pequena Abelha, um estrondoso sucesso de crítica e público em todo o mundo. Integrou as listas dos melhores livros do ano de diversas publicações, entre elas, o The Independent, a O, The Oprah Magazine e o Chicago Tribune. Foi finalista do Costa Novel Award 2008 e do Commonwealth Writers’ Prize 2009. Está a ser adaptado para o cinema, num filme protagonizado por Nicole Kidman.
Menina de Ouro, o seu mais recente romance, foi a derradeira confirmação do talento do autor. Aclamado pela crítica, teve entrada imediata na lista de bestsellers do The New York Times e USA Today, e é recomendado pelos mais importantes clubes de leitura. Chris Cleave vive atualmente em Londres com a mulher e os filhos. 


 
Nas livrarias a 14 de Março

O primeiro volume da série “Crónicas das Runas”.
Uma viagem ao coração das lendas nórdicas.

A estreia de Joanne Harris, uma das escritoras mais conhecidas e queridas do público português, no universo da literatura fantástica
 
 
 
Sobre o livro: Maddy Smith nasceu com uma marca que ditou o seu destino. A runa inscrita na sua pele é um símbolo dos Antigos Deuses, uma marca mágica. E perigosa.
Na pequena aldeia onde vive todos a receiam e excluem. Mas Maddy não renega a sua sorte. Pelo contrário, ela adora magia. Mesmo que isso a condene à solidão.
Quinhentos anos passaram desde Ragnarók – o flagelo que marcou o Fim dos Tempos –, e a Nova Ordem impôs regras que ditam o aniquilamento do Caos, da Magia, dos Sonhos e da Imaginação.
À medida que os seus feitiços ficam cada vez mais fortes, Maddy sabe que será apenas uma questão de tempo até os Examinadores da Ordem a identificarem e perseguirem. E tempo é algo que o Mundo não tem… agora que a ameaça de destruição é cada vez mais real. Isolada, Maddy pode apenas contar com o ancião seu mentor, que lhe dá a conhecer as lendas nórdicas, com os seus deuses e criaturas maravilhosas. Invisível para a maioria das pessoas, este Mundo Subterrâneo encerra a chave do seu passado. Dela depende o destino do Mundo, mais uma vez…

Sobre a autora: Joanne Harris nasceu no Yorkshire, de mãe francesa e pai inglês. Com Chocolate, Vinho Mágico, Cinco Quartos de Laranja, A Praia Roubada, Na Corda Bamba, Danças & Contradanças, Valete de Copas e Dama de Espadas, Xeque ao Rei, Sapatos de Rebuçado, O Rapaz de Olhos Azuis e Maligna (todos publicados pela ASA), conheceu um retumbante sucesso internacional, que a adaptação ao cinema de Chocolate (com Juliette Binoche e Johnny Depp) veio intensificar.
Com Fran Warde, é coautora dos livros A Cozinha Francesa e Do Mercado para a sua Mesa – Novas Receitas da Cozinha Francesa, também sob a chancela da ASA.

quarta-feira, 27 de fevereiro de 2013

[Opiniões Tertulianas] - "A Herança da Filha" de Howard Norman








"Este livro, escrito como se de uma carta se tratasse, envolve o leitor em emoções intensas, conflitos morais e leva-o a reflectir nas motivações do comportamento humano, numa viagem ao longo de anos de vida relatados de modo acessível e interessante." in K de Livro.








Foi sem qualquer expectativa que comecei a ler este livro, é quase como estar a ler cartas antigas de alguém encontradas ao acaso… 
 
A história começa com a primeira tragédia da vida de Waytt: a morte dos pais, que o leva a viver com os tios e prima Tilda.
Tilda vem a ser o amor da vida dele, uma personagem muito “caricata” que decide ser   carpideira  e ganhar a vida com isso. 
Numa das viagens conhece um estudante alemão, Hans, e apaixonam-se mas é uma relação mal vista aos olhos da maior parte das pessoas, pois vive-se a 2ª Guerra Mundial e mesmo no Canada isso influencia a maneira de verem um alemão. Relação essa que se torna ainda menos aceite após o “ferry” em que a mãe de Tilda viajava, ter sido atacado por um U-boat (um submarino) alemão e que vem a desencadear novas e arrepiantes tragédias, que lemos sem parar, querendo que as coisas sejam diferentes mas que infelizmente não são.
Tal acontecimento faz com que a vida de Waytt volte a mudar mais uma vez  e  que,  seja envolvido nas decisões de outras pessoas novamente…
E assim, ele vai contanto  página a página tudo o que lhe aconteceu, e sem nunca se fazer de vitima, à sua filha, de forma a explicar-lhe o que o levou a fazer o que fez.

Gostei deste livro e desta perspectiva apresentada da 2ª Guerra Mundial. Livro que, graças a um passatempo que ganhei aqui, no Tertúlias à Lareira (Obrigada Margarida!!!!), tive oportunidade de ler e que recomendo a todos.

Norma Gondar


terça-feira, 26 de fevereiro de 2013

[Novidades] - ASA: Março 2013



Titulo: A Provação Do Inocente
Autor: Agatha Christie
PVP: 12,50€
Lançamento: 8 Março


Sinopse: Condenado a prisão perpétua, Jacko Argyle sucumbiu a uma pneumonia e acabou por morrer sem conseguir provar a sua inocência. Acusado de assassinar a mãe adotiva, o jovem jurou em tribunal ter um álibi e até uma testemunha. Mas essa pessoa nunca foi encontrada.
Acabado de chegar de uma longa viagem, Arthur Calgary tem informação que permite limpar o nome de Jacko, ainda que postumamente. A inocência de Jacko implica a culpa de outra pessoa… mas só a família estava em casa naquela noite fatal…
A Provação do Inocente (Ordeal by Innocence) foi originalmente publicado em 1958 na Grã-Bretanha, tendo sido editado nos Estados Unidos no ano seguinte. Foi adaptado para o cinema em 1985 e para a televisão em 2007.

Sobre a Autora: Agatha Christie nasceu Agatha May Clarissa Miller, em Torquay, na Grã-Bretanha, em 1890. Em 1971, a Rainha Isabel II consagrou-a com o título de Dame of the British Empire. Deixando para trás um legado universal celebrado em mais de cem línguas, a Rainha do Crime, ou Duquesa da Morte (como ela preferia ser apelidada), morreu em 12 de Janeiro de 1976.
Em 2000, a 31st Bouchercon World Mystery Convention galardoou Agatha Christie com dois prémios: ela foi considerada a Melhor Escritora de Livros Policiais do século XX e os livros protagonizados por Hercule Poirot a Melhor Série Policial do mesmo século.


Titulo: Ligeiramente Casados
Autor: Mary Balogh
PVP: 15,90€
Lançamento: 28 Março


Sinopse: Como todos os Bedwyn, Aidan tem a reputação de ser arrogante. Mas este nobre orgulhoso tem também um coração leal e apaixonado – e é a sua lealdade que o leva a Ringwood Manor, onde pretende honrar o último pedido de um colega de armas. Aidan prometeu confortar e proteger a irmã do soldado falecido, mas nunca pensou deparar com uma mulher como Eve Morris. Ela é teimosa e ferozmente independente e não quer a sua proteção. O que, inesperadamente, desperta nele sentimentos há muito reprimidos. A sua oportunidade de os pôr em prática surge quando um parente cruel ameaça expulsar Eve de sua própria casa. Aidan faz-lhe então uma proposta irrecusável: o casamento, que é a única hipótese de salvar o lar da família. A jovem concorda com o plano. E agora, enquanto toda a alta sociedade londrina observa a nova Lady Aidan Bedwyn, o inesperado acontece: com um toque mais ousado, um abraço mais escaldante, uma troca de olhares mais intensa, o “casamento de conveniência” de Aidan e Eve está prestes a transformar-se em algo ligeiramente diferente…

Sobre a Autora: Autora premiada e presença constante nas listas de bestsellers do New York Times, Mary Balogh cresceu em Gales, terra de mar e montanhas, músicas e lendas. Ela levou consigo a música e uma imaginação vívida quando se mudou para o Canadá. Aí iniciou uma auspiciosa carreira como autora de livros com finais felizes e que celebram o poder do amor. Os seus romances históricos venderam já mais de 4 milhões de exemplares em todo o mundo. Na ASA estão publicados Uma Noite de Amor e Um Verão Inesquecível.

[Novidades] - Quinta Essência: Março 2013



Titulo: Um Pequeno Escândalo
Autor: Patricia Cabot
Lançamento: 8 de março


Juraram renunciar ao amor… mas não resistem ao jogo da sedução


Sinopse: Quando a bela Kate Mayhew é contratada como dama de companhia de Isabel, a filha obstinada de Burke Traherne, o marquês vê-se numa situação impossível. Dividido entre saber que ela é exatamente aquilo de que Isabel precisa mas, para ele, a pior tentação possível, encontra-se constantemente perto de alguém que ameaça a sua independência. Conhecido pelo seu autodomínio férreo desde o dia em que apanhou a mulher com um amante, Burke jurou nunca mais arriscar-se a casar.
Ao aceitar a oferta de emprego de Sua Senhoria, a temperamental Kate enfrenta dois perigos: sua atração irresistível por um homem que abdicou do amor, e um encontro com o seu próprio passado escandaloso... que ela não pode manter secreto para sempre.
Kate Mayhew costumava fazer parte da sociedade, até que os pais morreram em circunstâncias misteriosas e escandalosas. Agora, o melhor que pode esperar é ser governanta… até que o famoso Burke Traherne, marquês de Wingate, a contrata para ser dama de companhia da sua rebelde filha Isabel.


Titulo: Encontras-me no Fim do Mundo
Autor: Nicolas Barreau
Lançamento: 8 de março


Um galerista fascinante. Uma mulher misteriosa. Uma série de provocantes cartas de amor.


Sinopse: Jean-Luc Champollion é aquilo a que os franceses chamam um homme à femmes. O encantador proprietário de uma galeria bem-sucedida ama a arte e a vida, é muito sensível ao encanto das mulheres, que de bom grado lho retribuem, e vive num dos bairros da moda de Paris, em perfeita harmonia com o seu fiel dálmata Cézanne. Tudo corre bem até que, uma da manhã, Jean-Luc encontra no correio um envelope azul, e a sua vida muda para sempre. A missiva é uma carta de amor, ou melhor, uma das declarações de amor mais apaixonadas que o galerista já viu, mas não vem assinada: a misteriosa autora decidiu esconder-se e convida-o a descobrir quem é. Jean-Luc fica inicialmente confuso, mas decide alinhar. A remetente anónima forneceu-lhe um endereço de e-mail e desafia-o a responder. Mas a tarefa não é fácil. Em breve, Jean-Luc tem apenas um objetivo: descobrir a identidade da caprichosa desconhecida, que parece conhecer muito bem os seus hábitos e gosta de o provocar incessantemente. Assombrado pelas suas palavras, Jean-Luc segue as pistas dispersas na correspondência, cada vez mais incapaz de resistir à mais doce das armadilhas. O objeto da sua paixão existe apenas no papel e na sua imaginação, mas ele sente conhecer melhor esta mulher do que os quadros expostos na sua galeria, mesmo que nunca tenha visto o seu rosto. Ou será que viu?


Titulo: Férias em Saint-Tropez
Autor: Elizabeth Adler
Lançamento: 8 de março


Um mistério cheio de glamour no encantador sul da França…


Sinopse: Numa villa em St. Tropez, no sul da França, cinco turistas que não se conhecem - todos eles a fugirem da sua vida do dia-a-dia – veem-se reunidos à força no pequeno Hotel dos Sonhos.
Chez Violette parecera ser o refúgio perfeito para o detetive privado Mac Reilly e a sua namorada/parceira, Sunny Alvarez, e para os seus cães Pirate e Tesoro. Sunny chega primeiro e descobre que foram enganados, juntamente com várias outras pessoas que julgaram estar a alugar aquela elegante casa na riviera francesa. De repente e de forma inesperada, são forçados a solucionar um crime e a desvendar um homicídio, tendo como pano de fundo a soalheira e glamorosa Saint-Tropez.

[Divulgação] - Planeta: S.E.C.R.E.T






Última surpresa da Planeta...Secret! O que será??

Xiuuu, é segredo:)

[Cantinho da Semana] - Sonhar de Olhos Abertos






Bom Dia.
Hoje venho falar-vos de um blog que (admito)  também só conheci hoje. Foi-me indicado pela nossa Ivonne e é o Sonhar de Olhos Abertos.


Este é o cantinho da Catarina, que se refere a si mesma como  "calma, simpática e tímida. Gosto de me refugiar nos livros, filmes e séries. Através deste blog espero alimentar ainda mais o meu "vício":)".
Este nasceu no dia 14 de Fevereiro de 2013, pelo que é o "namoradinho" do ano, é uma estreia na nossa blogosfera.

A sua autora já teve um blog á cerca de 2 anos, no entanto a falta de tempo (sabemos bem o que isso é) fez com que ela o abandonasse. Recentemente acabou por descobrir os blogs literários, ganhou o bichinho e decidiu criar este seu espaço.

 "Há cerca de 2 anos eu tive um blog sobre cosmética, moda e beleza que foi uma companhia importante durante um período em que vive sozinha longe de todos os que amava. Eu dedicava-me imenso ao blog e consegui mantê-lo durante mais de um ano. Infelizmente, acabei por abandoná-lo por falta de tempo e motivação. Como blogger de moda e beleza, seguia bastantes canais do Youtube e, não sei bem como, acabei por descobrir alguns canais literários. Comecei a seguir estes canais e o bichinho da leitura, que tinha ficado um pouco afastado durante a faculdade, voltou a despertar em mim. Recentemente fiquei desempregada e achei que esta seria a altura ideal para criar um novo blog direccionado para os meus gostos actuais...filmes, séries e livros. Confesso que já tinha muitas saudades de ter um blog."

Para o nome pensou em algo original, assim baseou-se numa frase para escolher o seu titulo:

“Ler é sonhar de olhos abertos!”
Confesso que não sei onde vi esta frase pela primeira vez mas lembro-me de pensar que não são só os livros que nos fazem sonhar. Livros, séries, filmes…são estas imagens e palavras que me fazem sonhar e viajar"


Como o cantinho ainda é muito recente, aquilo que a Catarina refere como mais gratificante é a possibilidade de partilhar os seus gostos, "mesmo que não sejam os mais convencionais ou populares."

Bem vinda a este mundo Catarina, e muito boa sorte para o teu espacinho :)

segunda-feira, 25 de fevereiro de 2013

Oscars 2013 - Vencedores






Melhor Actor Secundário:
Christoph Waltz, por Django Libertado

Melhor Curta-Metragem de Animação:
Paperman

Melhor Filme de Animação:
Brave - Indomável

Melhor Fotografia
A Vida de Pi

Melhores Efeitos Visuais
A Vida de Pi

Melhor Guarda-Roupa
Jacqueline Durran, por Anna Karenina

Melhor Caracterização e Penteado
Lisa Westcott e Julie Dartnell, por Les Misérables

Melhor Curta-Metragem
Curfew

Melhor Curta Documental
Inocente

Melhor Documentário
Searching for Sugar Man

Melhor Filme Estrangeiro
Amour

Melhor Mistura de Som
Les Misérables

Melhor Edição de Som
Zero Dark Thirty e 007 - Skyfall

Melhor Actriz Secundária
Anne Hathaway, por Les Misérables

Melhor Montagem
Argo (William Goldenberg)

Melhor Design de Produção
Lincoln (Rick Carter e Jim Erickson)

Melhor Banda Sonora Original
A Vida de Pi

Melhor Canção Original
"Skyfall", de 007 - Skyfall (Adele)

Melhor Argumento Adaptado
Argo

Melhor Argumento Original
Django Libertado

Melhor Realizador
Ang Lee, por A Vida de Pi

Melhor Actriz
Jennifer Lawrence, por Guia Por Um Final Feliz

Melhor Actor
Daniel Day-Lewis, Lincoln

Melhor Filme
Argo

[As Receitas da Marina] - Bolo Húmido de Cenoura e Amendôa



Ingredientes

 - 4 ovos
 - 1 e ½ chávena de chá de açúcar
 - ½ chávena de chá de óleo
 - Raspa de 1 limão (não utilizei este ingrediente)
 - 1 e ½ chávenas de chá de farinha com fermento
 - 7 colheres de sopa de amêndoa ralada
 - 3 cenouras grandes
 - Sal qb
 - Amêndoa laminada qb
 
Preparação:
 - Lave bem as cenouras, descasque e coza com um pouco de sal. Escorra bem, com um garfo desfaça as cenouras e deixe arrefecer.
 - Separe as gemas das claras e bata bem as gemas com o açúcar até ficar um creme.
 - Junte a raspa de limão, o óleo, a amêndoa ralada e as cenouras trituradas e bata tudo junto.
 - Bata as claras em castelo e junte, sem bater, alternadamente as claras e a farinha.
 - Coloque numa forma previamente untada com manteiga e polvilhada com farinha e por cima da massa coloque as amêndoas laminadas e polvilhe com um pouco de açúcar.
 - Leve ao forno pré-aquecido até o palito sair seco.
Esta e outras receitas em: http://em-marinada.blogspot.pt

domingo, 24 de fevereiro de 2013

Razzie Awards 2013









Pior Filme
The Twilight Saga: Breaking Dawn - Part II
Pior Realizador
Bill Condon por "The Twilight Saga: Breaking Dawn - Part II"
Pior Atriz
Kristen Stewart em "The Twilight Saga: Breaking Dawn - Part II" e "Snow White and the Huntsman"
Pior Ator
Adam Sandler em "That's My Boy"
Pior Atriz Secundária
Rihanna em "Battleship"
Pior Ator Secundário
Taylor Lautner em "The Twilight Saga: Breaking Dawn - Part II"
Pior Elenco
The Twilight Saga: Breaking Dawn - Part II
Pior Argumento
That's My Boy
Pior Remake, Rip-Off ou Sequela
The Twilight Saga: Breaking Dawn - Part II
Pior Casal
Mackenzie Foy e Taylor Lautner em "The Twilight Saga: Breaking Dawn - Part II"

[À Lareira com] INTERNACIONAL - Jennifer Armintrout



À Lareira com...Jennifer Armintrou, autora dos livros "A iniciação", " A possessão" e "Cinzas".

Fale-nos um pouco sobre si:
Claro. Sou uma das autoras Bestselling dos EUA actualmente, vivo no Michigan, um estado conhecido como "America's high-five" por se parecer com uma mão. Tenho o meu marido, 2 filhos, 2 cães, 2 gatos, 4 peixes e 1 rato, e vivemos numa antiga fazenda numa pequena cidade rural.

Pode falar-nos um pouco mais da série Laços de Sangue?
Bem, a série Laços de Sangue segue o Dr.a Carrie Ames, que é atacado por um paciente vampiro. Ele passa o resto da série como que preso entre duas facções de vampiros, nenhuma delas muito boa em tudo. 

Como se inspirou para esta série?
Costumava trabalhar num hospital, e um dos trabalhos que eu fazia era levar os mortos para a morgue. Comecei a pensar o que aconteceria se um deles fosse , na realidade, um vampiro que se poderia levantar e atacar-me. De alguma maneira, alguns anos mais tarde, foi daí que saiu a primeira cena para "The Turning".

Publicou o seu primeiro livro aos 26 anos. Quando e como decidiu tornar-se escritora?
Nunca pensei que seria escritora. Fui para a faculdade e mudei o meu curso várias vezes, de ciencias politicas para ciencias mortuárias para matémática, e nenhum deles estava a resultar. Depois engravidei, que não foi planeado, e tive que desistir dos estudos. Escolhi a escrita por ser algo que eu poderia fazer a partir de casa. Já tinha escrito fanfics durante varios anos, pelo que achei que seria muito mais fácil escrever as minhas proprias histórias sem estar confinada às criações de outras pessoas.

Também tem alguns livros do género erótico, através do seu pseudónimo Abigail Barnette. Porque começou a escrever como Abigail?
Comecei a ficar um pouco saturada de escrever apenas fantasia e santasia urbana. Vendi "The turning" em 2004, então entre esse ano e 2010 escrevi 7 livros dentro desses generos. É divertido mudar para um genero de escrita totalmente diferente, um estilo de história diferente. Erótico é um genero realmente divertido de escrever.

Como escolhe, no geral, os géneros em que escreve os seus livros?
Na verdade não os escolho, apenas tento ter ideias que acabam por ser de um determinado genero por coincidencia. Passo bastante tempo a pensar sobre coisas assustadoras, pelo que me surgem ideias assustadoras e acontece que há, realmente, um mercado para elas. Sorte a minha.

Quais as suas outras inspirações para escrever?
Vou buscar bastante inspiração a imagens, em especial com determinado gradiente de cores. Todas as historias têm, na minha mente, um "sentimento" colorido associado, e olhar para fotografias ou pinturas com essas cores inspira-me. Por vezes uma música consegue captar um sentimento e eu retiro inspiração daí.

Como concilia a escrita com os restantes aspectos da sua vida, como ser esposa e mãe?
Trabalhar em casa é uma grande vantagem para o trabalho. Estou em casa o dia todo e disponivel para a minha familia, em vez de estar fora o dia todo e chegar demasiado cansada para fazer o jantar. Posso fazer pão durante o dia enquanto escrevo, ou limpar a casa, coisas assim, e isso torna tudo muito mais fácil, na minha opinião, do que conjugar a minha familia com um emprego tradicional.

 Tem alguma rotina de esccrita?
Tento escrever todos os dias. Fora isso, apenas me debruço sobre a escrita quando posso.

Tem algum projecto literário em mente?
Em Janeiro, saiu o meu primeiro livro como Abigail Barnette. Chama-se "Silent Surrender" e é sobre uma mulher surda em 1841 que contrata um homem para ser seu amante durante uma semana. Estou também a trabalhar em alguns projectos como Jennifer Armintrout, incluindo um par de romances, o que será uma estreia para mim, mas não posso partilhar quaisquer detalhes sobre eles ainda.

Pode dizer-nos algumas das suas inspirações literárias, como livros e autores preferidos?
O meu livro preferido de todos os tempos é "Os Miseráveis" de Victor Hugo. O meu segundo livro preferido é "Moby Dick" de Herman Melville, estou actualmente num processo para fazer uma tatuagem dedicada ao livro. Autores contemporaneos, adoro Sena Jeter Naslund e Stephen King, Neil Gaiman e, claro, autores de romance e fantasia urbana, que são demasiados para estar a enumerar.

Para terminar, pode deixar uma mensagem para os seus leitores portugueses e para os aspirantes a escritores?
 Obrigada por lerem o meu trabalho. Aspirantes, "hang in there". Terminem o vosso livro. Respeitem a vossa escrita e nunca jamais desistam.

Obrigada Jennifer.